Lista IPTV 2019 atualizada Grátis

Operação policial derruba plataforma de IPTV

Na semana passada, o mercado ilícito de IPTV entrou em tumulto quando as autoridades italianas se uniram a grupos policiais na UE.

A operação, apelidada de ” Black IPTV “, visava indivíduos e equipamentos atrás de pelo menos um provedor de IPTV com sede na Itália. Mais importante, porém, também foi direcionado ao Xtream Codes, um sistema de gerenciamento utilizado por muitos fornecedores e vendedores de serviços de IPTV.

Embora o Xtream Codes afirme ser um sistema independente de conteúdo, é difícil subestimar sua popularidade no mercado não licenciado. Com cerca de 5.000 fornecedores de vários tipos em seus livros, atendendo a cerca de 50 milhões de usuários finais, seu fechamento teve um impacto imediato e dramático.

lista iptv 2019

Para curiosos de plantão, sim, a operação impactou inclusive serviços piratas do Brasil, já que o Xtream-Codes é um painel utilizado pela maioria dos vendedores desse tipo de serviço no mundo todo. Existem algumas outras alternativas que devem entrar na mira das autoridades europeias, e com isso as instabilidades e desativação de plataformas IPTV serem uma constante a partir de agora.

Vale lembrar que apesar da associação à pirataria, o mercado de IPTV legal existe: mesmo Netflix, Amazon Prime Video e outros serviços poderiam se encaixar nessa categoria, mas se você deseja assistir canais pagos online, a NET disponibiliza algumas dezenas deles aos assinantes através do NOW; a Fox permite que seus mais de 10 sinais sejam assistidos online também através do Fox Play, que pode ser assinado mesmo que você não possua uma assinatura de TV.

O Telecine Play, por sua vez, permite o acesso ao Telecine Pipoca, e mais de 2 mil filmes na rede via streaming.

Fonte: Tudo celular